Documento sem título
Documento sem título
 

 

Documento sem título
As cores

Máquinas tintométricas ajudam
a ampliar o interesse pela cor

23/out/03

O destaque do poder sentimental da cor sobre produtos e serviços é uma das preocupações das empresas para dinamizar as suas campanhas para conquistar novos clientes, principalmente daquelas que se dedicam essencialmente ao negócio onde a eficiência no trato com a cor é fundamental.

A CPS Color, uma empresa multinacional de sistemas tintométricos, que incluem máquinas misturadoras de tintas, corantes, cartelas de cores e suporte de serviços, é uma dessas empresas que, além de se preocupar com o desenvolvimento de equipamentos cada vez mais eficientes para as indústrias e revendedores de tintas, por exemplo, também mantém equipes atuando junto a entidades internacionais que estudam as tendências de cores e buscam compreender cada vez mais a influência da cor sobre as pessoas.

A relação da cor com os sentimentos, aliás, é um dos enfoques da atual campanha de marketing da CPS Color, que lançou o programa Spirit Concept, destinado a oferecer soluções completas em atividades onde a precisão na produção de cores e mistura de tintas é necessária. De acordo com o gerente geral da empresa no Brasil, Agilson Valle, uma das peças fundamentais desse programa são as cartelas de cores que, além de apresentarem as possíveis combinações nas paletas de cores, traz também uma fotografia do ambiente onde a combinação de tons foi aplicada.

O gerente da CPS Color lembra que os sistemas de mistura de cores nos pontos de vendas revolucionaram a comercialização de tintas decorativas principalmente e ajudaram a ampliar, em várias partes do mundo, o interesse dos consumidores pelas cores. No Brasil, apenas 20% da comercialização de tintas é feita com a utilização de sistemas tintométricos nas revendas, mas em países como a Austrália, por exemplo, chega a 95%. Mas a expectativa é de crescimento também aqui.

As máquinas tintométricas permitiram às revendas reduzirem substancialmente o estoque de produtos, além da redução do risco com tintas encalhadas nas prateleiras. O momento agora é de destacar o poder sentimental das cores para estimular a venda dos produtos onde ela é elemento essencial e principalmente das tintas que dão cor à quase tudo que é produzido.

A empresa acredita no potencial de crescimento para seus produtos no Brasil e vai investir inclusive na produção de corantes no país para o fornecimento de bases para a mistura de cores nos pontos de vendas de tintas e também para o processamento de couro e plásticos. A unidade de produção dos corantes da CPS Color sediada nos Estados Unidos deve ser transferida para São Paulo, devendo abastecer todo o mercado da América do Sul.

As empresas de tintas brasileiras se preocupam em destacar as características materiais de seus produtos, mas, na opinião do executivo da CPS Color, elas teriam muito a ganhar se explorassem mais a relação sentimental da cor em suas campanhas promocionais, como é feito em muitos países. A indústria de vinhos do Chile, por exemplo, conseguiu bons resultados quando começou a explorar mais a relação do seu produto com ambientes e outras informações como tipos de músicas que tem uma conotação psicológica com a cor do vinho.

O exemplo é muito. Agilson citou um comercial de televisão da Argentina, onde uma mãe grávida posa nua com uma criança que estampa a mão com tinta na barriga dela. Em outro comercial espanhol, um casal namora num quarto pintado de vermelho e, envolvido pelo clima da cor apaixonante, inicia uma cena mais caliente. Um outro exemplo é de um senhor num ambiente pintado de azul, que começa a falar e dorme, relacionando o poder tranqüilizante dessa cor. Segundo dados do representante da CPS, durante o tempo de duração dessas campanhas, houve um aumento significativo de venda de tintas com as cores destacadas.

Brincar com as cores

O conhecimento total da cor é uma exigência para o sucesso no mundo da cor, seja uma fábrica de tintas, de plásticos ou qualquer outro produto. O conhecimento total da cor inclui uma familiaridade com a ciência da cor, uma consciência de tendência, controle da tecnologia relacionada à cor e a experiência com o marketing da cor.

Muitas pessoas se julgam despreparadas para mexer com as cores e utilizam apenas tons neutros de terra, pastéis ou poucas quantidades de cores brilhantes. A melhor maneira de superar o medo e expandir a consciência sobre cor é trabalhar diretamente com ela. Fazer experiências com a cor é um grande divertimento. A mistura de cor é um aprendizado básico para todo artista ou desenhista, mas pode ser interessante para a maioria das pessoas. Tratando-se de tintas, para quem pretende ir direto aos resultados, uma idéia é obter a cor desejada, preparada na hora na máquina tintométrica de sua revenda preferida.

Veja também:

- Máquinas tintométricas ajudam a ampliar o interesse pela cor

- Uma revolução na forma de vender tintas

Envie essa matéria a um amigo:
Seu Nome:

Seu E-mail:

E-mail do seu amigo:


 
Documento sem título
Acompanhe o MundoCor:
Documento sem título